Este blogue tem conteúdo adulto. Quem quiser continuar é risco próprio; quem não quiser ler as parvoíces que aqui estão patentes, só tem uma solução.

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Uma noite especial

Em casa, uma boa comida, um bom vinho...


... e sozinho.


11 comentários:

Mark disse...

O cão não conta?

Ricardo disse...

Antes só que mal acompanhado, já se sabe...

João Eduardo disse...

##
Nunca se está só!
Em cada um de nós existe sempre junto um anjo da guarda....

:-)
:-)

João Roque disse...

Raios te partam...mas que gozo é esse?
Tens que conviver?
Eu estou muito em casa, sei que vivo acompanhado, mas de vez em quando convivo, caramba...
Na sexta feira, convidei um amigo para jantar e depois fomos a um bar gay.
Ontem, fui ver aqui perto de casa e durante um jantar "sózinho", o Benfica, mas apareceram os compinchas habituais dessas transmissões e foi um bom convívio.
É preciso ter os nossos momentos de solidão, mas não devemos abusar e somos nós que os devemos quebrar, não ficar à espera que os outros o façam...

Ribatejano disse...

Mark

O cão mora no quintal.

Ribatejano disse...

Ricardo

Nem sempre.

Ribatejano disse...

João Eduardo

Agora já sei quem me empurrou... e eu a pensar que tinha caído por causa do vinho.

8-D

Ribatejano disse...

João Roque

Obrigado pelo sermão. Vou tê-lo em consideração no futuro.

Margarida disse...

e qual é o problema de se estar sozinho? :D

Ribatejano disse...

Margarida

Não é problema... tal como não é solução.

um coelho disse...

Com o vinho, a partir de certo ponto, deixas de estar sozinho.