Este blogue tem conteúdo adulto. Quem quiser continuar é risco próprio; quem não quiser ler as parvoíces que aqui estão patentes, só tem uma solução.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Actualidades

Podia falar de muitas coisas que se passaram nas últimas semanas. Mas como não sou de futebóis (Académica!!!) vou-me ficar por outros assuntos mais nacionais e do interesse público.

Comemoram-se hoje os 515 anos da chegada de Vasco da Gama à Índia por via marítima. Acabámos com o negócio de muita gente, ao trazermos as especiarias por mar. Se fosse nos dias de hoje seríamos acusados de concorrência desleal (assim a modos do que a China nos faz). Como seria se houvesse internet naquele tempo? E que tal termos o Vasco da Gama como nosso amigo no facebook?

A EXPO 98 foi inaugurada à 15 anos. Ainda estamos a pagar esse projecto megalómano... e continuaremos. Não fui por não concordar com tal sonho faraónico e porque já sabia que o haveríamos de pagar por muitos anos. Poucos anos depois foi o europeu de futebol... nem vale a pena falar mais do assunto.

O parlamento (eu sei que deveria escrever com maiúscula, mas a instituição não anda nos melhores dias) finalmente aprovou a co-adopção por parceiros do mesmo sexo. Dizem uns que foi pouco, outros que foi um exagero. Eu cá, que confesso ter mudado de opinião, digo que foi mais um passo. Roma e Pavia não se fizeram em um dia. E mais não digo.

Domingo é dia da final da taça. Digo aqui publicamente que me vejo forçado a apoiar a equipa que ganhar, seja ela qual for. E não me acusem de clubismos, já que o preto é a minha cor (Académica!!!).

Sábado será noite de festa lá para os lados da Amadora. Eu não posso faltar. Caso contrário lá terei a cabeça a prémio... por duas gerações. lol


5 comentários:

Francisco disse...

LOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOL

Eolo disse...

Até Sábado! :)

Aaron Suzaku disse...

o académica não é mau.. mas...

bom jantar no sábado!

João Roque disse...

Tanta coisa...............!
Interessante a referência à viagem de Gama; não concordo nada com o que dizes da Expo, pois foi um investimento extremamente importante, ao modificar totalmente e rentibilizar uma zona completamente degradadae degradante - a zona oriental de Lisboa, além de ter sido uma exposição fascinante e deixa-me que te diga que perder a oportunidade única de ver uma exposição deste tipo, aqui em casa. é quase imperdoável.
Registo por outro lado e com uma enorme satisfação a tua progressiva modificação da forma como encaras as questões do foro LGBT, a começar por ti próprio.
Já não era sem tempo, e ligando isto ao último tema de que falas, o jantar que ontem se realizou, a tua presença é o maior exemplo do que atrás referi.
Obrigado.

Ribatejano disse...

Às vezes preciso reconhecer que a idiotice não me leva a lugar algum.

People change