Este blogue tem conteúdo adulto. Quem quiser continuar é risco próprio; quem não quiser ler as parvoíces que aqui estão patentes, só tem uma solução.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Novas experiências

Viver e aprender

É este o lema de muitos. Lema que preciso cada vez mais de aplicar a mim mesmo.

Decidi encontrar um novo passatempo. Há bastante tempo que ando a pensar na pintura. Não que eu tenha grande jeito... ou pelo menos não acho que tenho. Talvez porque considero uma actividade interessante, puramente do ponto de vista amador.

Escolhi a pintura a óleo. Não me perguntem o porquê, pois não sei responder. Talvez por achar que é a que melhor se adequa às minhas perspectivas artísticas (riso). E talvez porque as telas brancas das lojas dos chineses me tenham inspirado para seguir essa técnica.

Foi nas lojas dos chineses que optei também por adquirir o material necessário. Assim, se a coisa não der, pelo menos o investimento não foi tão grande. Pincéis, tintas, paleta, diluentes e solventes. Falta o cavalete mas esse sairá das minhas próprias mãos, produção caseira (ou artesanato). Pode ser que eu goste realmente e passe a investir na qualidade das tintas e pincéis.

Tenho lido sobre o assunto e visto alguns filmes de pintores amadores. A técnica parece ser complicada. mas como não experimentei ainda nada mais posso dizer. Estou a fazer figas para que dê certo, pois assim posso evoluir... e é tão bom evoluir.




6 comentários:

João Roque disse...

Ao trabalho; quero ver resultados...

Eolo disse...

Apoio, desenhar e pintar sempre me relaxou imenso, confesso que óleo nem por isso talvez porque não tenha paciência QB para a técnica em si.

Cavalete de produção caseira espanta-me, eu mudo uma lâmpada e já vou com sorte.

Espero que gostes.

Ribatejano disse...

João

Agora falta é tempo.

Ribatejano disse...

Eolo

Trabalhos manuais são comigo. Sou "unhas de fome", logo prefiro ser eu a fazer como bem quero. hehehe

sad eyes disse...

Já há tutoriais para tudo :)
Força
abc

Ribatejano disse...

sad eyes

Eu ainda sou do tempo em que se aprendia sem precisar da internet. É mais interessante experimentar que ficar a ver os outros fazerem algo, para depois decidirmos se gostamos ou não.

lol